post-blog-habilidades-tecnico-seguranca-do-trabalho

O que são graus de risco e como saber qual o grau da minha empresa?

Grau de risco é uma escala numérica de 1 a 4 definida pela NR4 para avaliar a intensidade de riscos as quais os trabalhadores de cada tipo de empresa estão expostos. Esse valor serve para definir quais obrigações a empresa deve cumprir para estar em dia com as leis trabalhistas.

Toda pessoa que trabalha está exposta a inúmeros riscos em seu ambiente de trabalho, como a possibilidade de acidentes, aquisição de doenças ocupacionais e, até mesmo, a morte.

Para evitar isso e assegurar a integridade dos trabalhadores existem inúmeras leis trabalhistas.

Entretanto, cada tipo de empresa expõe o trabalhador a riscos diferentes. Quem trabalha em uma confeitaria, não está exposto aos mesmos tipos de riscos do que quem trabalha na área da saúde, por exemplo.

Por este motivo, o Ministério do Trabalho, através de sua 4ª Norma Reguladora (NR4), divide as empresas em 4 graus de risco.

Esses números são definidos pela CNAE (Classificação Nacional de Atividades Econômicas) e determinam quais obrigações legais cada tipo de empresa deve cumprir para manter esses riscos sob controle e garantir a integridade física e mental de seus funcionários.

Não sabe qual o grau de risco da sua empresa? Então continue a leitura!

Classificação dos graus de risco

Os graus de risco definidos pela CNAE  representam uma escala de 1 a 4, na qual 1 simboliza o risco mínimo e 4 simboliza o risco máximo.

Mas o que cada grau quer dizer exatamente?

É isso que vamos abordar neste tópico:

Grau de risco 1 (GR1) – Risco muito baixo

Empresas classificadas como GR1 são as de risco muito baixo, ou seja, empresas cujo ramo de atividade expõe os funcionários a riscos muito improváveis e que, por esse motivo, tem menos obrigações legais relacionadas à saúde e segurança do trabalho do que as de riscos mais altos.

Grau de risco 2 (GR2) – Risco baixo

Empresas classificadas como GR2 são as de baixo risco, ou seja, que seu ramo de atividade submete os funcionários a riscos moderados. Essas têm mais obrigações legais relacionadas à saúde e segurança do trabalho do que as empresas com Grau de Risco 1, por exemplo.

Grau de risco 3 (GR3) – Risco médio

Empresas classificadas como GR3 são as de risco médio, ou seja, empresas com ramo de atividade que expoe os funcionários a riscos regulares. Essas têm mais obrigações legais relacionadas à saúde e segurança do trabalho em comparação a empresas com Graus de Risco 1 e 2.

Grau de risco 4 (GR4) – Risco alto

Por fim, as empresas classificadas como GR4 são as de risco alto, ou seja: seu ramo de atividade expõe os funcionários a riscos frequentes. Dos quatro graus de risco, esse é o que exige um maior número de obrigações legais relacionadas à saúde e segurança do trabalho.

 

Como saber o grau de risco da sua empresa?

1. Descubra seu CNAE

Para consultar esse dado, entre com o CNPJ do seu negócio no site da Receita Federal.

2. Identifique seu CNAE no Quadro 1 da NR4 e observe o grau de risco correspondente